Gabriel Diniz é o 3º vocalista do Cavaleiros do Forró a morrer em acidente

A morte precoce e trágica do cantor Gabriel Diniz (28 anos), pegou a todos de surpresa no final da manhã de segunda-feira, dia 27 de maio.  Conhecido nacionalmente por ser o intérprete do sucesso “Jenifer”, que estorou nas rádios e TV’s de todo o Brasil, Gabriel estava no auge da fama. O clip da música “Jenifer” tem mais de 232 milhões de visualizações no YouTube e foi considerada o maior sucesso do verão brasileiro de 2019. Gabriel era natural de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

O cantor morreu decorrente da queda de um avião de pequeno porte no povoado Porto do Mato, em Estância, na região sul de Sergipe. Ele havia decolado de Salvador e seguia para Alagoas com mais três pessoas, que também morreram no acidente com a aeronave que não tinha autorização para atuar como táxi aéreo. Durante todo o dia a tragédia foi destaque nas redes sociais e em toda a imprensa brasileira.

Antes de estourar em carreira solo, Gabriel foi vocalista da banda do Rio Grande do Norte, “Cavaleiros do Forró”, que já havia perdido outos dois vocalistas e mais integrantes da banda em diferentes acidentes de trânsito.

Em 2005 o vocalista, José Inácio Alexandre da Silva, morreu em um acidente de ônibus, que também matou um dos guitarristas da banda, Edivan Paulo da Silva. Em 2017 foi a vez da cantora Eliza Clívia, que morreu quando o carro em que ela estava foi atingindo por um ônibus em um cruzamento em Aracaju, Sergipe. Eliza e o marido, o baterista Sérgio Ramos, retornavam de uma entrevista, quando o carro foi atingido na lateral por um ônibus. Os dois morreram no local. Eliza e Gabriel Diniz chegaram a trabalhar juntos na banda “Cavaleiros do Forró”, entre 2010 e 2011.

A aeronave em que Gabriel estava seguia Alagoas, onde o cantor iria comemorar o aniversário da namorada, junto com amigos e familiares do casal. A Aeronáutica irá investigar as causas do acidente.


O cantor Gabriel Diniz e mais 3 pessoas morreram decorrente da queda de um avião em Sergipe