Skip to content

Filha de 11 anos tenta defender a mãe e é morta a tiros pelo pai


Michele Magalhães levou dois tiros

Um churrasco em família terminou em morte no último final de semana. Após tentar defender a mãe que estava sendo agredida pelo pai, uma menina de 11 anos foi morta a tiros na noite de domingo (7), na cidade de Muritiba, no estado da Bahia.

De acordo com informações da Policia Civil local, o irmão da menina, um garoto de apenas 5 anos de idade, também foi baleado quando corria para fora de casa durante a confusão. Ele foi hospitalizado e não corre perigo de morte. Vizinhos do casal relataram à polícia terem ouvido entre quatro e cinco disparos por arma de fogo.

Michele Magalhães teria sido alvejada na sala de casa, com um tiro nas costas e outro na cabeça, dados pelo próprio pai, Lucival de Oliveira Rodrigues, ao tentar fazer a defesa da mãe que estava sendo agredida a socos por motivo de ciúmes. A menina não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Desde o ocorrido o pai de Michele estava foragido.

Dias após o crime a polícia recebeu uma denúncia informando que o foragido se encontrava na cidade de Lauro de Freitas. No dia 10 policiais foram até o local indicado e encontraram Lucival morto. A principal suspeita dos investigadores é que ele tenha cometido suicídio.

O crime chocou os moradores da pequena cidade baiana.

Scroll To Top