Em NY pai é acusado de atear fogo no carro e matar filha de 3 anos

Após uma tentativa frustrada de entrar na justiça para impedir que o ex-marido tivesse acesso a filha de apenas 3 anos, Cherone Colleman viu seu mundo desabar no último dia 5 de maio. Moradora de New York, a mãe perdeu a filha em um trágico crime, onde o principal suspeito é o próprio pai da criança.

De acordo com informações divulgadas pelo jornal Daily News, o homem trancou a filha no próprio automóvel, ateou fogo e fugiu do local. Os bombeiros chegaram a retirar o corpo da menina do banco de trás, antes de o carro queimar totalmente, mas Zoey já estava sem vida.

Em entrevista ao jornal Daily Mail, Cherone afirmou que antes de cometer o crime, o homem faz ameaças à ex-esposa: “Será que tenho sua atenção agora? Eu consegui sua atenção agora. Você nunca mais verá sua filha de novo”. Cherone entendeu como uma ameaça à vida dela e não da filha. “Eu nunca achei que ele iria machucar minha filha”, completou.

O crime aconteceu na segunda vez que o agressor passava o fim de semana com a filha. “Eu deveria simplesmente mantê-la comigo e ir para a cadeia”, afirmou a mãe em entrevista.

O homem foi localizado em um local próximo a região onde o crime aconteceu, foi preso em flagrante, e aguarda por julgamento.

A pequena Zoey tinha apenas 3 anos de idade