Ir para o conteúdo

Conheça os sinais do estresse crônico e as suas consequências para a saúde

Diferentemente do estresse tido como “normal” (aquela sensação que pode surgir antes de uma prova, uma entrevista de trabalho ou antes de um evento), o estresse crônico se assemelha a dor crônica, pois não importa o que você faça é quase impossível se livrar dele.

O estresse crônico é uma doença que atingi cada vez mais pessoas ao redor do mundo, muitas vezes devido à pressão que vivenciamos nas mais diversas áreas de nossas vidas no dia-a-dia.

É muito comum que as pessoas estão em estado de estresse crônico, estejam fugindo ou lutando contra uma situação que a aflige ou que a está levando ao seu “extremo” e isso não dá ao indivíduo a oportunidade de descansar o corpo e a mente, podendo trazer diversos e sérios efeitos colaterais para a saúde, tais como: depressão, úlcera, hipertensão e até mesmo perda de cabelo e obesidade.

Por isso é importante identificar a doença para evitar os sintomas e consequências que ela traz.

Sinais de estresse crônico:

  • Exaustão física e emocional;
  • Cinismo e desapego;
  • Sentimentos de ineficácia e falta de realização;
  • Dores crônicas;
  • Alergias e problemas de pele;
  • Redução da energia e insônia;
  • Sudorese;
  • Tensão muscular

O estresse crônico, quando não tratado adequadamente, pode levar a pessoa à depressão.

Outras consequências do estresse crônico no corpo:

  • Afeta o funcionamento cerebral – Ele tem efeitos devastadores na memória e na aprendizagem, matando as células cerebrais.
  • Acelera o envelhecimento – Devido à redução do fluxo sanguínea para a pele.
  • Aumento das chances de ataque cardíaco – Ele aumenta a frequência cardíaca e força as artérias, afetando os ritmos cardíacos, podendo causar também um acidente vascular cerebral (AVC).
  • Baixa no sistema imunológico – O estresse crônico amortece o sistema imunológico, tornando a luta contra a infecção muito mais difícil.

Ao identificar alguns dos sinais é importante que um médico seja consultado para diagnosticar e tratar o problema da melhor maneira possível.

 

Role para cima